Menu

Parque Zoobotânico em Brusque

Procurando espaços para estar em contato com a natureza na cidade conhecida como Capital da Paz? Conheça o Parque Zoobotânico em Brusque.

Brusque não está localizada exatamente no litoral catarinense, mas isso não faz dela um local menos visitado ou com menos atrativo do que cidades vizinhas.

Pelo contrário, a cidade tem outros atributos que ainda assim fazem com que muitos turistas a procurem: ela é capital da indústria têxtil e oferece produtos de vestuário, cama, mesa e banho a preços muito acessíveis e com qualidade.

Outro atributo positivo da cidade é a natureza, que é exuberante na região.

Brusque oferece áreas verdes e espaços ao ar livre lindos e encantadores.  Entre eles parques, bosques, trilhas, rios e cachoeiras, que estão à disposição dos brusquenses e dos visitantes.

O texto de hoje vai abordar um desses locais, que é sinônimo de contato genuíno com a fauna e a flora catarinense e da região.

Você conhecerá também Parque Zoobotânico em Brusque, além de ter acesso a dicas para visitar o local e descobrir um pouquinho desse pedaço da natureza que está no Vale do Itajaí.

Brusque e o contato com a natureza


Um dos pontos mais altos de Brusque é a sua natureza exuberante. Não são apenas os parques, alguns deles localizados no centro da cidade, que fazem com que esse ponto seja tão destacado.

É que Brusque tem espaços incríveis de natureza genuína, com trilhas, rios e cachoeiras, que fornecem aos seus moradores e visitantes um contato com o ar puro das florestas catarinenses.

A região é tão conhecida por seus recantos na natureza que o SESC organizou, no ano passado, mais uma edição do Circuito Sesc de Caminhadas na Natureza.

Essa edição contemplou caminhadas em meio à mata e trilhas que foram de regiões do Bairro Cedro Alto até a localidade de Taquaraçu.

É por isso que os moradores da região são tão adeptos ao trekking, modalidade esportiva sem fins competitivos que proporciona a caminhada em meio à natureza.

No centro da cidade, está localizada, na Chácara Edith, uma reserva ambiental de preservação da Mata Atlântica.

O espaço tem mais de 500 hectares de propriedade em fauna e flora de Santa Catarina, incluindo espécies nativas e preservadas há mais de 80 anos.

Outro espaço destinado à natureza é a Fundação Ecológica e Zoobotânica de Brusque, também no centro, que compreende o Parque Zoobotânico, sobre o qual iremos falar abaixo.

Leia também: trilhas em Brusque e região para aproveitar a natureza

Flora e fauna típicas catarinenses


parque zoobotânico em brusque

Em Santa Catarina, a vegetação mais comumente encontrada é a mata de araucárias, que abrange mais da metade do território.

Ainda há manguezais, no litoral, e  uma parte tropical da mata atlântica, mata subtropicais e campos.

É estimado que, apenas no Vale do Itajaí, existam aproximadamente 7 mil capivaras - 2 mil delas são mortas por ano.

A vegetação variada do Estado permite a existência de muitas espécies de aves - só na Ilha de Santa Catarina são mais de 170 espécies.

Na mata, costumam habitar centenas de espécies, entre elas o macaco-prego, o quati, e o puma - conhecido também como suçuarana.

A seguir vamos falar mais sobre o Parque Zoobotânico, uma das dicas do que fazer em Brusque e um dos principais pontos turísticos da cidade.

O Parque Zoobotânico em Brusque


Desde 1992 a cidade de Brusque conta com um parque zoobotânico. Por lá, existem cerca de 200 animais de mais de 90 diferentes espécies, entre eles macacos, aves, felinos, serpentes e muitos outros.

Sim, o parque é um zoológico e é considerado também ‘zoobotânico’ porque está inserido em uma área de floresta, na Mata Atlântica, cercado de muitas árvores e plantas nativas e exóticas.

Como o parque tem este privilégio, também costuma trabalhar a flora na sua apresentação e em pesquisas dos grupos que trabalham no local.

História 


A Fundação Ecológica e Zoobotânica de Brusque foi inaugurada em 19 de setembro de 1992.  

Quando inaugurado, o local contava com 39 espaços distribuídos ao longo da mata, e um número pequeno de animais - eram, basicamente, aves que ficavam à exposição do público.

Hoje, o espaço é um complexo de  120 mil metros quadrados em meio à mata nativa, onde estão inseridos répteis, aves, mamíferos naturais da região e também algumas espécies exóticas.

O parque recebe, anualmente, cerca de 40 mil alunos de escolas municipais da região e do Estado, e até do Brasil. 

Esses alunos frequentam o parque através de um programa de educação ambiental, buscando gerar consciência ecológica e despertar para o contexto ambiental.

Estrutura


parque zoobotânico em brusque

Na sua estrutura, o parque oferece um ambiente limpo e organizado, com trilhas e espaços bem arborizados. 

O local fica bem no coração de Brusque, localizado atrás da prefeitura, no centro, e quem visita relata que é uma experiência diferente e ótima para um programa em família.

O parque costuma fazer a reintegração de alguns animais ao seu próprio habitat, como aconteceu recentemente com um cachorro do mato, que foi tratado no zoobotânico e depois reintegrado à natureza.

A maioria dos animais que estão no parque são espécies brasileiras.

O trabalho da equipe que faz parte do parque é recuperar os animais de vida livre, e, quando possível, soltá-los novamente no seu habitat.

Em meio a essas ações, o trabalho mais forte é na conscientização e preservação da fauna e da flora da região.

Curiosidades


Conheça algumas curiosidades sobre o Parque Zoobotânico de Brusque.

  • O parque foi batizado de Parque Ecológico e Zoobotânico Padre Raulino Reitz, em homenagem ao naturalista catarinense.

  • O parque zoobotânico está inserido em uma vegetação específica da região de Brusque, que forma um corredor ecológico ligando a cidade desde o bairro Guarani, até o município de Guabiruba. 

  • Animais que antes sofriam agressão podem ter uma nova chance de vida no parque. Muitos animais recolhidos pela Polícia Ambiental são trazidos ao Zoobotânico, e os mais frequentes são as serpentes, tartarugas e aves.

  • O Parque Zoobotânico é uma maravilhosa atração não apenas para turistas. Isso porque a trilha pavimentada de 3.200 metros é uma ótima opção para moradores que buscam o ar puro para praticar atividades físicas e fazer caminhada. De quebra, é possível aproveitar uma beleza ímpar da natureza e curtir o caminho todo à sombra das árvores.


Funcionamento


O parque Zoobotânico de Brusque funciona de terça-feira a domingo, no horário das 8h às 17h

A entrada custa  R$ 5 e crianças de até 5 anos não pagam.

Informações Gerais 


Endereço do Parque Zoobotânico: 

Rua Manoel Tavares, s/no – Centro, Brusque/SC

Telefone para contato: 

(47) 3351-1481

Fax: (47) 3355-5640

E-mail geral: [email protected]

E-mail do Setor de Educação Ambiental: [email protected]

Apaixone-se pela natureza brusquense


No artigo de hoje você conheceu um pouco mais sobre o Parque Zoobotânico em Brusque, mais um dos recantos cheios da natureza e muita beleza nesta maravilhosa cidade.

A propósito, este é apenas um dos passeios que você pode fazer em Brusque, uma cidade encantadora e com povo hospitaleiro e acolhedor.

Você sabe que por aqui encontra qualidade de vida, tranquilidade e ótimas opções de lazer, turismo, gastronomia e cultura, além de ter a certeza de viver em uma das cidades com menor índice de violência do país.

Está procurando um novo lar? Esse lugar, sem dúvida, está em Brusque. Entre em contato conosco para juntos escolhermos a sua mais nova morada!

Fique por dentro das melhores oportunidades

Cadastrando-se na nossa newsletter, você receberá em seu email novidades e
informações essenciais sobre o mercado imobiliário

Fique tranquilo, nós também detestamos spam :)