Menu

História de Brusque: saiba mais sobre a capital da Indústria Têxtil

Localizada na região turística do Vale Europeu, a história de Brusque é rica e demonstra o porquê ficou conhecida como Capital da Indústria Têxtil.

Com uma população de cerca de 134 mil habitantes, segundo estimativa do IBGE feita em 2019, Brusque também é um importante destino turístico de Santa Catarina.

Pessoas de todo o Brasil a escolhem, tanto pelas belezas naturais e arquitetônicas que oferece, quanto pelas peculiaridades gastronômicas. 

Soma-se a isso o seu potencial em compras de vestuário e tecidos, com preços direto de fábrica, resultado do seu pioneirismo no ramo.

No artigo de hoje você vai conhecer um pouco da história de Brusque, sua colonização e por que ela é considerada uma das cidades mais seguras para se viver no Brasil.

Surgimento de Brusque


A 108 km de distância da capital Florianópolis, Brusque, em Santa Catarina, começa sua história pelos idos de 1860, nas terras localizadas à margem direita do Rio Itajaí-Mirim. 

No mesmo ano em que a Colônia de Blumenau passava pelas mãos do Governo Imperial, o então presidente da província, Dr. Francisco Araújo Brusque, recebeu ordem para que começasse a colonização do Itajaí-Mirim.

Nesse local já haviam outros imigrantes, que exploravam a extração de madeira.

Era julho daquele ano quando desembarcaram em Itajaí a primeira leva de imigrantes, cerca de 55 colonos alemães, junto do austríaco Barão Von Schneeburg. Esse núcleo foi batizado de “Colônia Itajahy”.

história de brusque

Colonização de Brusque


Com o passar dos anos, a população na colônia foi aumentando rapidamente .A maioria dos novos moradores vinha de regiões da Alemanha. 

Foi em janeiro de 1890 que a cidade foi batizada de Brusque, em homenagem a Francisco Brusque. Porém, as comemorações são feitas na data em que os colonos alemães chegaram à cidade, dia 4 de agosto de 1860.

A cidade recebeu de herança características bem específicas dos seus colonizadores. Tanto a arquitetura quanto a gastronomia e as festas populares são herdadas da cultura alemã.

Mas Brusque também é feita de uma mistura de outras colonizações, como irlandeses, britânicos, italianos e poloneses. Foram inclusive alguns polacos que trouxeram à cidade técnicas de tecelagem e fundaram as primeiras fábricas na cidade.

história de brusque

Berço da fiação catarinense


Com a história Brusque é possível notar porque ela é também conhecida como a Cidade dos Tecidos, porque foi lá que começou um dos maiores polos têxteis de Santa Catarina e do Brasil.

A primeira tentativa de produção de tecidos na cidade foi feita por João Bauer, em 1890, com o auxílio dos imigrantes poloneses, que eram conhecidos como “tecelões de Lodz”.

Depois disso foram instalados teares de madeira rústicos na cidade, construídos pelos próprios poloneses e que receberam o apoio do comerciante Carlos Renaux. Assim, em 1892, foi fundada a Fábrica de Tecidos Renaux S.A, considerado um ícone da indústria de tecidos no Sul.

Seis anos depois, nasceu a fábrica Buettner, e, em 1911, a Schlösser. Foi assim que essas indústrias acabaram dominando a principal atividade econômica da cidade no século 20. 

E é por tudo isso que, ainda hoje, o setor de serviços têxteis ainda é um dos mais fortes setores na economia de Brusque.

Qualidade de vida em Brusque


Muitos se perguntam por que Brusque é considerada uma cidade com grande qualidade de vida. A resposta é fácil: Brusque figura no ranking das cidades mais seguras para se viver no Brasil.

Esses dados foram divulgados em uma pesquisa exclusiva do Ipea e do Fórum Brasileiro de segurança pública. 

Brusque é a cidade mais pacífica do Brasil entre as que têm mais de 100 mil habitantes. Ou seja: tem a menor taxa de mortes violentas do país. 

A taxa de homicídios praticados em Brusque está muito abaixo da média nacional. Para se ter uma ideia, em 2016, a taxa de assassinatos de todo o ano teve uma média de 4,8 a cada 100 mil moradores. Isso representa quase oito vezes menos do que a média nacional de assassinatos.

Outro fator que exemplifica o porquê a qualidade de vida em Brusque é tão famosa no Brasil, é o fato de que a cidade oferece um elevado índice de solução de crimes - a maioria pequenos furtos - e punição dos responsáveis. 

Cerca de 90% dos casos de crime que acontecem em Brusque são solucionados na cidade. Tudo isso graças à integração das forças de segurança e a estrutura das polícias.

A Rede de Vizinhos, integração entre as polícias da cidade e os moradores, é outra maneira de combate à criminalidade que dá certo em Brusque.

Alta expectativa de vida


A cidade também é conhecida por ter uma alta expectativa de vida, considerada a maior do Brasil. 

Deve-se a isso a implantação de projetos e programas sociais municipais, que dão acesso à moradia, saúde, alimentação e educação. 

Segundo informações do Atlas Brasil, a expectativa de vida de quem nasce e mora em Brusque é de 78,6 anos

7 fatos sobre a cidade de Brusque


A história de Brusque esconde algumas curiosidades que nem todos conhecem. Separamos algumas abaixo para você saber:

  1. Justamente por ser polo na indústria têxtil, Brusque é a cidade berço da loja de departamentos Havan, uma das maiores do segmento no Brasil. A Havan nasceu em 1986, como uma pequena fábrica de tecidos com apenas 45 metros quadrados. Hoje conta com mais de 140 filiais em todo o país.

  2. A marca de vestuário Colcci, que hoje conta com grande projeção nacional, também nasceu em Brusque, no ano de 1986.

  3. As primeiras geladeiras da marca Cônsul também nasceram na cidade, em 1945. Tudo graças também ao cônsul Carlos Renaux, que incentivou uma pequena oficina para protótipos e testes. Graças a esse incentivo foi criada uma das maiores indústrias de refrigeração do Brasil.

  4. De acordo com o IBGE, Brusque é uma das dez maiores economias de Santa Catarina e está na posição 184 entre as cidades brasileiras. Só em 2018, o município subiu para quinto lugar no ranking de geração de empregos

  5. Brusque também recebe grandes festas e atrações culturais, que ajudam a fomentar a economia do Estado. Entre elas está a Festa Nacional do Marreco (Fenarreco), que celebra as tradições dos colonizadores alemães. Acontece desde 1985 e atrai turistas de todo o país no mês de outubro.

  6. A cidade também conta com uma reserva ambiental de preservação da Mata Atlântica. Ela está localizada no Centro de Brusque, na Chácara Edith, e tem 5 milhões de metros quadrados com flora e fauna catarinenses preservados.

  7. Brusque também é destino para turismo religioso, abrigando  o Santuário Nossa Senhora de Azambuja, no Vale dos Milagres. No terceiro domingo de agosto, o local recebe uma romaria com cerca de 80 mil devotos. O Santuário ainda conta com o museu arquidiocesano e uma gruta subterrânea.


história de brusque



Brusque: sinônimo de qualidade e expectativa de vida


Se o seu objetivo é buscar qualidade de vida que garanta uma alta expectativa de vida para você e sua família, o lugar ideal para você morar é Brusque.

Além de oferecer segurança e tranquilidade, a cidade tem ótimas opções de lazer, passeios e atrações culturais, e possui uma economia em constante evolução. 

Não é a toa que cada vez mais pessoas estão procurando Brusque para investir e morar.

Nós podemos ajudar você a encontrar os melhores imóveis. Entre em contato conosco e teremos prazer em ajudá-lo a encontrar o seu.

Fique por dentro das melhores oportunidades

Cadastrando-se na nossa newsletter, você receberá em seu email novidades e
informações essenciais sobre o mercado imobiliário

Fique tranquilo, nós também detestamos spam :)